Lordose: o que é, como ocorre, tratamento e causas

Lordose é um problema que afeta muita gente, e quanto antes for observado, maiores as chances de se recuperar, confira agora!

Em nossa rotina de trabalho atual, problemas de má postura e de coluna infelizmente são frequentes. Seja por rotina, por descuido ou falta de atenção, muita gente hoje em dia acaba desenvolvendo problemas de coluna relacionados não só a postura como já mencionei(caso do text neck), como também a uma vida sedentária, sem exercícios frequentes. No artigo de hoje vamos falar sobre um destes problemas, que afeta muita gente e que não pode ser ingorado: a lordose. O nome é estranho, mas você vai entender já já do que se trata. Acompanhe conosco.

O que é a Lordose?

Indo diretamente o assunto, a Lordose é uma condição em que existe um aumento da curvatura interna da coluna vertebral. A coluna tem uma curva natural muito leve, o que ajuda a coluna a desempenhar a sua função de modo adequado. Esta curva natural é formada devido à forma das vértebras individuais que constituem a coluna vertebral. Se esta curvatura da coluna aumentar, ela coloca muita pressão ou tensão nas outras regiões da coluna, resultando em dor.

Quais são as causas?

As causas do surgimento da Lordose são variadas e podem somar-se. Algumas das mais comuns são:

-Osteoporose (fragilidade óssea / enfraquecimento),

-Obesidade

-Espondilodiscites (infecção do espaço do disco vertebral)

-Distúrbios neuromusculares

-Cifose torácica (curvatura excessiva da coluna vertebral para fora)

-Espondilolistese (escorregamento de uma vértebra sobre a outra)

-Acondroplasia (nanismo).

Além das causas citadas acima, a Lordose também pode ser o resultado de má postura.

Sintomas da Lordose

Infelizmente, a lordose não é uma doença de sintomas tão facilmente detectáveis. o que ocorre de mais comum é que os pacientes ainda não sentem dores, porém já notam modificações na postura do corpo ao se olhar no espelho, ou então percebem que a mobilidade da coluna não é mais a mesma, o que torna atividades simples do dia a dia, um desafio para quem sofre de lordose.Por causa disso, mesmo que não haja dores lombares agudas, mas a pessoa note diferença de qualquer tipo em sua coluna, é preciso buscar ajuda médica o mais rápido possível.

Além das dores e da curvatura errada da coluna, outros sintomas que aparecem são:

-Flacidez na barriga e fraqueza nos músculos da mesma,

-Dores no pescoço e abdome protuberante.

Qual o tratamento?

Existem basicamente 2 vias de tratamento. Cirurgico e não cirurgico. Conforme pode-se intuir, o tratamento cirurgico é somente indicado em casos mais graves e que não há correção por vias normais.

Tratamento não cirurgico

As medidas do tratamento conservador não cirúrgico incluem:

Anúncio Patrocinado:

1. utilização Medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios.
2. Fisioterapia para permitir que o paciente desenvolva força, flexibilidade e aumente o alcance do movimento. O terapeuta pode indicar um programa de exercícios personalizado para ser realizado em casa.
3. Coletes podem ser usados para controlar a evolução da curva em adolescentes.
4. Redução do peso corporal ao nível ideal.
5. A cirurgia pode ser indicada se a curva lordótica for grave com envolvimento neurológico.

Tratamento Cirurgico

A cirurgia é indicada para casos graves de lordose(curva lordótica grave e de envolvimento neurológico), ou quando os outros tratamentos não apresentam resultados satisfatórios, isto é, capazes de gerar alívio ao paciente. Um cirurgião da coluna deverá decidir qual procedimento e abordagem (anterior/posterior, frente ou costas) são indicados para o paciente, baseado em seu histórico clínico, sintomas e achados radiográficos.

Dicas para evitar o surgimento da Lordose

Quer deixar o seu corpo mais saudável? Então pratique capoeira. (Foto: Divulgação)

Você passa muitas horas de seu dia sentado? Saiba que a posição sentada em uma posição inadequada é o maior fator causador de dores nas costas. Veja algumas atitudes que podem ser tomadas:

  • Fazer alongamentos antes, durante e após trabalhar sentado(a)
  • RPG-reeducação postural global ou pilates
  • No caso das mulheres, diminuir ou alternar o uso do salto alto, pois esse ultimo força nossa coluna para frente a fim de adquirir equilíbrio.
  • Cuidar do peso, evitando a obesidade
  • praticar exercícios frequentemente, como corrida, bicicleta ou capoeira(foto)
  • Evitar ficar horas sentado(a), tente fazer intervalos de 10 minutos a cada 50minutos de trabalho sentado(a)

Conclusão

Bom pessoal, conforme notaram, a Lordose é um problema realmente grave e que deve ser cuidado e acompanhado com paciência e dedicação. Sempre procure seu médico se você acredita estar sofrendo disso, quanto antes for diagnosticado, maiores as chances de se corrigir o problema. Não nos responsabilizamos pelo mal uso das dicas aqui apresentadas, que são de domínio público na Internet

Se houverem dúvidas ou sugestões podem ser deixadas nos comentários!

Recomendados para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *