Injeção anticoncepcional: Funciona? Quais os riscos?

Você já teve vontade de usar injeção anticoncepcional por causa do medo de esquecer da pílula?Conhece as diferenças entre o medicamento injetável e de uso oral? Leia esse artigo e obtenha as informações desejadas!

Injeção anticoncepcional

Antes de qualquer coisa, você precisa saber que os anticoncepcionais injetáveis são tão eficientes quanto os demais formatos do medicamento, em pílula, adesivo ou subcutâneo. Se você tem pensado em fazer uso do medicamento injetável para não correr risco de esquecer da pílula, leia com atenção as vantagens desse procedimento e saiba que há desvantagens também! Faça sua escolha!

 Vantagens da injeção anticoncepcional

 Na hora de decidir sobre o medicamento, a grande maioria das mulheres temem esquecer de tomar a pilula oral e muitas optam pelo medicamento injetável por causa das vantagens. Mas você sabe bem quais são essas vantagens para a sua saúde? Por que optar pela injeção anticoncepcional?  

  1.  Você não precisa lembrar todos os dias de tomar seu comprimido!
  2. . Há ainda como vantagem ser de dosagem única e isso evita atrasos e adiantamentos.
  3. A estabilidade hormonal melhora a pele e o cabelo.
  4. Diminui as cólicas fortes e o fluxo sanguíneo.
  5. além de prevenir várias doenças como o câncer de endométrio, no ovário, doenças mamárias, cistos e miomas uterinos e doenças inflamatórias pélvicas. Dentre as vantagens do anticoncepcional injetável destaca-se ainda o combate à anemia, pois seu uso estimula a formação de glóbulos vermelhos.

Mas há também desvantagens!!

Um dos pontos negativos é que chamamos de “spotings”, ou seja sangramentos. Porém ressaltamos que esse problema é mais comum entre as cartelas de uso oral. A alta dosagem hormonal no organismo também aumenta as chances de  reter líquidos ( clique para conhecer o nosso e-book!) e  produzirem inchaços, que faz com que a mulher se sinta “gorda” (leia aqui sobre alguns alimentos que te ajudam a manter o peso!). Contudo, é mais seguro para quem não consegue lembrar de tomar o medicamento diariamente.

Além de serem mensais e trimestrais, há uma diferença na composição de tais itens. Os anticoncepcionais trimestrais tem como base na sua formulação o acetato de medroxiprogesterona, sendo liberado aos poucos para o seu útero para inibir a ovulação por supressão da gonadotrofina, alterando o muco cervical e do endométrio. Os casos de gravidez tomando o medicamento corretamente são mais raros que em qualquer outro tipo de medicamento. É considerado um dos mais seguros.

Anúncio Patrocinado:
   

Outra desvantagem do anticoncepcional injetável é a incerteza quanto à fertilidade, pois ao interromper o uso do anticoncepcional injetável a mulher só voltará a ser fértil após 06 meses ou um ano. Como desvantagem o anticoncepcional injetável aumenta os riscos de doenças cardiovasculares em mulheres fumantes e deve ser evitado por mulheres que estejam amamentando.

Forma de uso

A primeira injeção deve ser aplicada sempre no primeiro dia do ciclo menstrual, correspondente ao primeiro dia de sangramento. As próximas aplicações podem ser a cada 30 dias ou 90 dias, os conhecimentos mensais e trimestrais. Ambos são considerados seguros, basta você adaptar ao seu uso.

Perguntas frequentes:

1-Como funciona o anticoncepcional injetável?

Assim como as pílulas, a injeção anticoncepcional têm por finalidade impedir a ovulação, alterando a composição do muco cervical que se torna mais espesso, o que impede a passagem dos espermatozoides. As injeções mensais são compostas por dois hormônios, estrogênio e progesterona, já os anticoncepcionais injetáveis trimestrais tem a vantagem de conter somente progesterona.

Os hormônios injetados são absorvidos lentamente pela corrente sanguínea e sua eficácia é quase que imediata, uma das vantagens é que o anticoncepcional injetável é um excelente método contraceptivo para aquelas mulheres que se esquecem de tomar diariamente a pílula.

 

Injeção anticoncepcional

2 -Injeção anticoncepcional engorda?

É muito comum as mulheres terem essa dúvida, mas cientificamente não há nada comprovado. O que se sabe é que os métodos contraceptivos apresentam como desvantagem a retenção de líquido, o que pode favorecer o aumento de peso.

Outra questão é em relação à quantidade de hormônios, que nesse método é bem maior em relação às pílulas orais, algumas mulheres podem sentir mais os efeitos colaterais, como o aumento de apetite o que pode consequentemente aumentar o peso.

Entretanto, caso haja um notável aumento no peso ao iniciar qualquer método contraceptivo é conveniente que se consulte um médico, pois outros fatores podem estar influenciando na saúde.

Para finalizar e  não esquecer!!!

Não é recomendado tomar um anticoncepcional porque uma amiga ou conhecida está fazendo uso daquele, isso não significa que é o melhor para você também! Não esqueça que cada organismo tem sua peculiaridade e qualquer medicamento (até  mesmo o anticoncepcional!) deverá ser recomendado por um médico.

Para concluir, recomendamos que além das pesquisas por internet, você procure um ginecologista que é o profissional médico especialista em assunto da saúde da mulher!

Esperamos ainda que esse artigo tenha sido útil! Se tiver alguma dúvida ou comentário, escreva-o logo abaixo!

Injeção anticoncepcional

Para não esquecer! Cuide-se!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *