Dieta Militar: aprenda como funciona

Você já ouviu falar da dieta militar? Pois saiba que muitas pessoas estão conseguindo perder peso com esse método. Em alguns casos, é possível eliminar três quilos em apenas três dias. Leia a matéria para entender como funciona a dieta e confira uma sugestão de cardápio.

No mundo atual, as pessoas tem recorrido cada vez mais a suplementos alimentares para emagrecer, como por exemplo o famoso green coffee turbo ou remédios como a sibutramina. Mas nem sempre é preciso recorrer a eles. A dieta militar, como o próprio nome já diz, é rigorosa. Ela conta com várias restrições alimentares para que o emagrecimento ocorra o mais rápido possível. Para melhorar os resultados, a pessoa deve aliar o cardápio balanceado com a prática de exercícios físicos.

A dieta militar restringe a quantidade de calorias. (Foto: Divulgação)

Como funciona a dieta militar?

Quem defende a dieta militar afirma que ela foi criada por nutricionistas do exército americano. O cardápio repleto de restrições tinha, como principal objetivo, ajudar os soltados na conquista da boa forma física o mais rápido possível.

Durante três dias da semana, a pessoa deve seguir um regime alimentar bem rigoroso. Nos demais quatro dias da semana, é possível realizar uma dieta normal, sem tantas restrições. É claro que todo o cuidado é pouco para não escolher os alimentos errados e acabar engordando.

O método de emagrecimento, conhecido como dieta militar, propõe um cardápio com baixo valor calórico. A pessoa pode comer até 1.400 calorias no primeiro dia, 1.200 no segundo e 1.100 no terceiro.

Nos três primeiros dias, o cardápio conta apenas com três refeições (café da manhã, almoço e jantar). A pessoa não pode realizar lanches para saciar a fome. Nos demais quatro dias da semana, é possível consumir até 1500 calorias.

Quando os lanches estiverem liberados, procure escolher alimentos nutritivos e com poucas calorias. As barrinhas de cereais, mix de castanhas e frutas são boas recomendações.

O programa militar para emagrecer não tem restrições no que diz respeito aos grupos alimentares. Contudo, é necessário contar as calorias para não exceder o limite. Em resumo, o método fica da seguinte forma:

  • 1º dia: 1.1400 calorias
  • 2º dia: 1.200 calorias
  • 3º dia: 1.100 calorias
  • 4º dia: 1.500 calorias
  • 5º dia: 1.500 calorias
  • 6º dia: 1.500 calorias
  • 7º dia: 1.500 calorias
Anúncio Patrocinado:
   

Sugestão de cardápio para a dieta militar

dieta militar

Selecionamos uma sugestão de cardápio para os três primeiros dias de dieta militar. Confira:

Café da manhã

1º dia: 1 fatia de torrada + 2 colheres de requeijão light + 1 xícara de café + 1 toranja.

2º dia: 1 fatia de torrada + 1 ovo cozido + ½ banana + 1 xícara de chá.

3º dia: 5 bolachas de água e sal + 1 fatia de queijo frescal light + 1 xícara de café.

Almoço

1º dia: meia xícara de atum + 1 fatia de torrada + 1 xícara de chá.

2º dia: 1 omelete de claras + 1 fatia de torrada + 1 xícara de café.

3º dia: 1 xícara de queijo cottage + 1 ovo cozido + 1 xícara de chá.

Jantar

1º dia: ½ xícara de atum + ½ banana + 1 xícara de sorvete de baunilha.

2º dia: ½ xícara de cenouras + ½ xícara de brócolis + 1 pedaço pequeno de filé de frango grelhado.

3º dia: 85g de carne magra + ½ xícara de feijão + 1 maçã pequena + ½ banana.

Você pode realizar substituições tranquilamente no cardápio, desde que não exceda o limite de calorias diárias. Vale lembrar que essa dieta ajuda a emagrecer rápido, mas não previne efeito sanfona e nem garante resultados a longo prazo.

E aí? Restou alguma dúvida sobre a dieta militar? Deixe um comentário.

Recomendados para você:

Seja VIp e receba nossos artigos direto no email:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *