Angeliq para terapia hormonal: tudo sobre ele

Você está passando pela menopausa? Então inclua o Angeliq na sua rotina. Esse remédio permite fazer um tratamento hormonal que realmente funciona e tem poucos efeitos colaterais no organismo da mulher. Saiba tudo sobre o medicamento!

A mulher, entre os 45 e 60 anos, vivencia a menopausa. Esse evento ocorre quando há o esgotamento dos óvulos no organismo, ou seja, a transição entre a idade fértil para o climatério. Em outras palavras, a menopausa é a última menstruação.

Após a menopausa, a mulher precisa conviver com os sintomas desagradáveis do climatério. Para reduzir o desconforto e recuperar o bem-estar, ela deve procurar um especialista para fazer terapia hormonal. Entre os remédios mais receitados pelos médicos está o Angeliq.

Para que serve o Angeliq?

O Angeliq é um medicamento desenvolvido pela Bayer, com o objetivo de atenuar os sintomas do climatério (período pós-menopausa). Ele serve para reduzir suor excessivo, insônia, ondas de calor, nervosismo, irritabilidade e comportamento depressivo.

Em alguns casos, a terapia hormonal com Angeliq é indicada para prevenir osteoporose. Vale lembrar que algumas mulheres, quando atingem uma idade mais avançada, possuem mais chances de desenvolver essa doença óssea.

A fórmula do Angeliq possui drospirenona, uma substância que promove a atividade antimineralocorticóide. Dessa forma, é possível prevenir a retenção de líquido de origem hormonal e, consequentemente, o inchaço. A composição também reduz a presença de acnes na pele.

Angeliq é anticoncepcional?

Não. O remédio Angeliq não pode ser utilizado como contraceptivo oral. As mulheres com possibilidade de engravidar devem consultar um ginecologista e pedir a indicação de um outro medicamento.

Efeitos colaterais do Angeliq

Os efeitos colaterais da medicação se manifestam no período de adaptação, ou seja, entre 3 e 4 meses. A mulher pode apresentar sensação de inchaço no abdômen, dor de cabeça, dor nas mamas, náuseas e acnes. Vale lembrar que esses efeitos são leves e não devem configurar um motivo para parar a terapia hormonal.

Anúncio Patrocinado:

Angeliq engorda?

Muitas mulheres deixam de fazer terapia hormonal após a menopausa com medo de engordar. O remédio Angeliq não engorda, porém, um dos seus efeitos colaterais iniciais é acumular líquido em determinadas regiões do corpo.

Como tomar Angeliq?

Em geral, os médicos prescrevem 1 comprimido de Angeliq por dia. Caso a mulher se esqueça de tomar o remédio no horário certo, ela deve ingeri-lo o mais rápido possível dentro de 24 horas.

Quando o esquecimento se estender por mais de 24 horas, o comprimido esquecido não deve ser ingerido. O recomendado é dar sequência com os demais comprimidos da cartela.

As mulheres que deixam de tomar o Angeliq por muitos dias podem sofrer com sangramento.

Contraindicações

O uso de Angeliq é contraindicado em casos de doença hepática, câncer de mama, histórico de ataque cardíaco, doença renal grave, tabagismo, gravidez ou amamentação.

Alguns medicamentos não podem ser usados de forma simultânea com o Angeliq. Esse é o caso dos remédios que tratam epilepsia, tuberculose, HIV, artrite, artrose e alguns tipos de doenças cardíacas.

Preço do Angeliq

A cartela de Angeliq, pode ser comprada com desconto na Onofre.Clique e confira:

Antes de iniciar o tratamento com Angeliq, converse com o médico, peça para que ele explique os riscos e os benefícios dessa medicação.

E aí? Restou alguma dúvida sobre o remédio de terapia hormonal? Deixe um comentário com a sua pergunta.

Recomendados para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *